ovo de páscoa

Mas afinal, de onde surgiu o Ovo de Páscoa? Por que ele é de chocolate? O que o coelho tem a ver com isso?

A Páscoa, o Domingo da Ressurreição, é uma festividade Cristã que celebra a ressurreição de Jesus Cristo que teria ocorrido 3 dias após a sua morte.

A data nem sempre acontece no mesmo dia, ela é móvel e tem influência da lua.

Os Judeus também comemoram a Páscoa, só que para eles se chama Pesach e na data se celebra a libertação do povo hebreu da escravidão do Egito.

Durante essa celebração, os Judeus do Hemisfério Norte, faziam oferendas com os primeiros frutos das novas colheitas como símbolo de nova vida e renascimento.

Calma que tudo isso vai fazer sentido daqui a pouco ok? Só estamos começando!


O ovo é um símbolo de vida e nascimento e era muito importante no Antigo Egito, antes ainda do cristianismo. Nessa época acreditava-se que Deuses nasciam de ovos primordiais!

É aí que a coisa começa a se misturar!

Com a expansão do cristianismo na região da mesopotâmia, muito provavelmente tivemos uma mistura de influências culturais, fazendo com que o ovo significa-se não só o nascimento, mas também a ressurreição de Jesus.

Como parte das festividades, os ovos era cozidos e servidos. Os ovos eram pintados, muitas vezes de vermelho, representando o sangue de cristo. Essa era uma forma de distinguir um ovo de páscoa de um ovo qualquer!

Nessa época havia muitos ovos disponíveis já que na “quaresma” era proibido consumir. Todos os ovos que a galinha “botava” nas semanas anteriores estavam disponíveis para o consumo na Páscoa.

A ideia de colorir os ovos se espalhou rapidamente com a expansão do cristianismo e culturas do leste europeu elevaram essa tradição a outro nível!

Os ucranianos, gregos, poloneses e franceses trataram os ovos coloridos como uma forma de arte.

Junto com os ovos coloridos, surgiram diversas brincadeiras para a criançada.

A mais antiga delas era a brincadeira de esconder esses ovos coloridos nos jardins para que as crianças os encontrassem. As crianças que juntassem mais ovos ganhariasm um prêmio.

Além dessa brincadeira, outra muito legal é a corrida com os ovos equilibrando em uma colher. Eu inclusive já brinquei e é bem engraçado!

O Ovo de Páscoa também serve como decoração, e os países da Europa Central penduravam em árvores.

Aqui em Pomerode, Santa Catarina, essa tradição é realizada todo ano e a “Árvore de Páscoa” já foi parar até no Guinnes Book por ter mais de 80 mil ovos pendurados!

ovo de pascoa

Lembrando que no Hemisfério Norte, na época da Páscoa, é primavera, época de florescer ou então renascer. Florescer e renascer, pegou a ligação com a Páscoa???

ovo de páscoa
Foi nessa região que surgiu também o coelho da Páscoa. (finalmente!)

Vocês já devem saber que o coelho é muito fértil e que por isso era considerado um símbolo de fertilidade! Isso fez dos coelhos os “responsáveis” por carregar os ovos.

Misturando os ovos, oferendas judaicas, primavera e coelhos, temos o renascimento como símbolo comum a todos!

Agora sim tudo parece estar fazendo sentido, não é verdade?

Mas e o Ovo de Páscoa de chocolate?

Com certeza ganhar um ovo de páscoa de chocolate é muito mais legal do que ganhar um ovo de galinha cozido né? hahaha

Os primeiros Ovos de Páscoa, são do século XIX e eram feitos em cascas de ovos de verdade, recheados com chocolate maciço.

Os franceses e alemães discutem até hoje quem teve essa ideia primeiro!

ovo de páscoa

O primeiro chocolate em forma de ovo foi britânico e foi feito em 1873, mas só que ele ainda era maciço.

Já os primeiros ovos de chocolate feitos como conhecemos hoje, só surgiram na virada para o século XX, onde os Ovos de Páscoa de chocolate se tornaram muito populares e passaram a ser feitos em escala industrial.

Escrevendo esse post me deu muita vontade de comer um chocolate! Então se você quiser me dar um presente pode ser esse Ovo de Páscoa aqui ok?

Esse post usou como referência um vídeo do Nerdologia que você pode assistir aqui embaixo.

 

 

 

Comentários

commentários